quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Plano de Trabalho da Coordenação Pedagógica

Justificativa
Este projeto se justifica na necessidade de elaborar planos de ações que colaborem com a formação continuada dos educadores, estabeleça parcerias com a comunidade e permita o sucesso no processo de ensino-aprendizagem do educando.

Objetivo
Garantir de forma efetiva que todas as ações citadas sejam cumpridas, de modo que venha a desenvolver no aluno as capacidades cógnitas, afetivas e motoras, preservando seus direitos e deveres, na busca do conhecimento e exercício de sua cidadania.

Apresentação
A construção do conhecimento só se torna significativa, a partir do momento em que o educando se sente parte do processo. Então de modo concreto, não podemos pensar que a construção do conhecimento é entendida como individual. O conhecimento é produto da atividade e do conhecimento humano marcado social e culturalmente. O papel do professor consiste em agir como intermediário entre os conteúdos da aprendizagem e a atividade construtiva para assimilação. “Ensinar não é transmitir conhecimentos”, Freire defende a ideia de que não devemos transferir conhecimento como um dono da verdade absoluto e inquestionável, mas devemos estar pronto a ajudar os educandos a desenvolver o pensamento. O conhecimento é inacabado, pois somos eternamente aprendizes e que todo ser humano é um ser condicionado, preso a uma cultura e a um tempo, e por isso, o pensamento vai se desenvolvendo. E que devemos respeitar o tempo de aprendizagem, sendo importante que o professor tenha consciência de seu trabalho e o coordenador de sua a função ou “missão” como supervisor, requerendo, então uma ampla e bem apoiada visão dos fundamentos, princípios e conceitos do processo didático.
Enfim, devemos trabalhar em conjunto procurando criar novas perspectivas de maneira a aumentar ainda mais o sucesso da escola.

Plano de Ação

·         Elaborar planejamentos;
·         Orientar a equipe de educadores;
·         Participar da criação do Projeto Político Pedagógico;
·         Orientar os educadores na elaboração e execução dos projetos e sequência didáticas;
·         Selecionar conteúdos para estudos em grupo;
·         Diálogos individuais;
·         Conversas informais;
·         Identificar constantemente quais as prioridades das turmas e professores para prestar-lhes um melhor atendimento;
·         Sistematizar visitas as salas de aula para detectar problemas existentes e procurar solucioná-los;
·         Orientar no preenchimento dos diários de classe;
·         Análise dos semanários;
·         Análise dos relatórios;
·         Promover HTPC's;
·         Promover dinâmicas em grupo;
·         Promover e participar das reuniões de pais e educadores;
·         Promover conselhos de classe;
·         Incentivar troca de informações e experiências entre os educadores;
·         Assistência à direção em assuntos pedagógicos e em atividades cívicas e sociais.

Avaliação
Executaremos o trabalho de forma simples, dinâmica e democrática visando sempre às necessidades apresentadas pelo grupo, colaborando com os professores na procura de meios para melhorar a aprendizagem, formando um trabalho em conjunto, e indispensável, entre; aluno, professor, coordenador, procurando de uma forma organizada atingir os objetivos e obter a adesão, e colaboração de todos os elementos, desenvolvendo assim, um verdadeiro trabalho de equipe.
A avaliação será feita de forma progressiva, através de observações constantes, relatórios, diálogos, e dos portfólios que serão desenvolvidos, para identificar se os objetivos sendo atingidos. È importante lembrar que os objetivos, só serão alcançados de acordo com a integração do grupo escolar.

Tempo de execução
Até o final do ano letivo de 2012.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário